Lar Style

Dicas

Decoração viva: 5 dicas para a saúde das plantas da sua casa

Elas trazem muitas vantagens para o lar, mas você sabe como cuidar da saúde das plantas?

Sejam elas ornamentais, comestíveis, medicinais ou apenas uma forma de deixar os cômodos mais aconchegantes e personalizados: ter um pequeno jardim em casa é um toque de frescor para o lar-style e também para o bem-estar dos moradores, mas, para garantir todos esses benefícios, é preciso dedicar um tempinho para ajudar os vegetais a crescer de forma saudável.

Se você acabou de comprar sua primeira muda ou não sabe o que fazer com aquelas folhas de aparência frágil, a gente dá as dicas essenciais para que você tire essa prática terapêutica de letra:

Leia também: 10 plantas venenosas para pets que você deve evitar em casa

 1. Água é indispensável…

Saúde das Plantas - Folhas com Cores Vivas

Pode parecer bobagem e até meio óbvio falar sobre o quanto é fundamental regar as plantinhas com frequência, mas essa é a regra número um e não pode deixar de ser lembrada.

Sem a hidratação adequada, as folhagens ficam secas e murchas, enquanto água em excesso impede que elas liberem oxigênio e, consequentemente, fiquem amareladas. Não é esse aspecto que você quer que seus vasos tenham, né?

O ideal é, além de saber qual a quantidade certa para cada espécie, sempre checar a umidade do solo.

Caso esteja ressecado, é hora de aguar, mas, se tiver líquido demais, você vai precisar drená-lo e deixar um tempinho sem irrigação para que a absorção seja regulada.

 2. … E luz também!

Saúde das Plantas - Sala Iluminada Saúde das plantas - Jardim vertical

 

Elemento básico que até mesmo os cuidadores iniciantes sabem ser essencial, luz na medida certa é o primeiro passo para manter a saúde das plantas em dia.

Cada tipo exige um nível diferente de exposição e é muito importante que essa característica seja respeitada já que a falta dela pode impedir o processo de fotossíntese e deixar as folhas fracas e apáticas, enquanto colocar o vaso no sol em horários errados pode danificá-las.

Pesquise e descubra se as variedades que você tem em casa devem receber luz direta, indireta, onde o tempo de exposição é limitado a três horas em ambientes claros, mas sem contato direto com os raios, e meia sombra, que representa o sol em suas horas mais fracas. 

3. Terra fértil, desenvolvimento saudável

Saúde das plantas - Cuidado com as plantas

Para que as folhas, flores ou frutos dos seus vasinhos estejam sempre bonitos e saudáveis é preciso criar uma superfície propícia para o crescimento, e não há forma melhor de garantir isso do que com a adubagem.

Você pode optar por enriquecer o solo e fornecer os nutrientes através de orgânicos, como cascas e caules de legumes, verduras e frutas, substrato ou até mesmo minhocas vivas, mas também pode apostar nas versões inorgânicas – esses são aqueles encontrados prontos para vender e que são geralmente usados para repor 3 substâncias indispensáveis: cálcio, potássio e nitrogênio.

Ligados diretamente à estrutura celular e crescimento das plantas, a deficiência desses elementos se mostra através das folhas, que tendem a ficar com aparência amarelada ou marrom, sem contar no crescimento desregulado.

Nesse caso, vale ler sobre a espécie cultivada e depois uma visita à loja de jardinagem. 

4. O espaço certo para crescer bem Saúde das plantas - Vasos e ferramentas

 

Não vai adiantar muito tomar todos os cuidados citados até agora se a raiz da sua plantinha vai ficar espremida em um vaso pequeno, né?

Tenha em mente que você não precisa dispor de uma área gigantesca, nem morar em uma casa com um quintal para poder ter um cantinho verde, mas, para garantir a boa saúde das plantas, você precisa respeitar a estrutura delas.

Árvores de troncos e galhos largos têm também raízes maiores, mais profundas e fortes, por isso precisam de um canteiro, enquanto as médias e pequenas se dão bem em vasos, desde que acompanhem o tamanho do vegetal. Daí é só escolher o ambiente que vai dedicar à essa prática e usar a criatividade para distribuir os vasinhos de uma forma que se adapte bem ao lar.

Que tal criar um cômodo inspirado na tendência do urban jungle usando prateleiras, estantes, macramês e ganchos no teto ou, se preferir, fazer uma horta vertical na cozinha?

5. Evite pragas, a maior ameaça à saúde das plantas

Saúde das plantas - Cantinho verde

 

Lagartas, caramujos e, eventualmente, até formigas. São vários os tipos de pragas causadoras de doenças que podem afetar seu espaço de natureza, por isso é importante tomar alguns cuidados na hora de começar o seu jardim.

Além de cultivar as plantas em locais com boas condições de desenvolvimento – espaços arejados e com luz ideal -, também é necessário cuidar das ferramentas usadas na hora da manutenção e poda: limpe muito bem as pás, tesouras e luvas, principalmente se tiver manuseado algum vaso doente, além de, é claro, jamais colocar uma espécie afetada junto de outras.

Caso aconteça a contaminação, a melhor alternativa é borrifar inseticidas caseiros nos caules e folhas e esperar até que a praga seja eliminada por completo.

O processo pode demorar um pouco, mas a sensação de recompensa que você terá quando vir o resultado do cuidado e dedicação deixará a experiência muito mais prazerosa.

Seguindo essas regrinhas básicas, você garante um lar relaxante, mais fresco em dias quentes e com um ar mais limpo – um verdadeiro oásis dentro de casa.

E veja também! Rafa Oliveira dá dicas para você montar a estante perfeita para suas plantas.

E você? Tem algum truque legal para cuidar da saúde das plantas? Compartilha com a gente aqui nos comentários!

    Comente

    instagram @mobly

    Copyright © 2017 Mobly.com.br. Todos os direitos reservados.