Lar Style

Dicas

10 plantas venenosas para pets que você deve evitar em casa

Se você tem bichíneos (ou pretende ter um), está na hora de saber quais são as plantas venenosas para pets que devem ser evitadas em casa

Se você é o tipo de pessoa que tem uma hortinha ou várias plantas espalhadas pela casa, saiba que algumas espécies podem ser tóxicas para o seu animal de estimação.

Geralmente, comer plantas venenosas acontece com cães e gatos filhotes, que são mais curiosos e ainda estão descobrindo as coisas que o cercam. Mas, às vezes, isso também pode acontecer com pets adultos, devido ao estresse ou simplesmente como uma forma de distração nos momentos de tédio.

Afinal, ninguém sabe quando o bichinho vai ficar com vontade de mordiscar algo, não é?

Seja qual for o motivo, recomendamos evitar plantas venenosas para pets e garantir a segurança do seu amiguinho todos os dias. Vamos descobrir quais são as principais espécies?

1. Comigo-Ninguém-Pode

Não é à toa que a Comigo-Ninguém-Pode tem esse nome… Você sabia que essa belezinha tem uma toxina que, se ingerida, pode fazer com que a língua, boca e garganta inchem? Mais do que isso, a planta pode travar as cordas vocais e tirar a voz, levando à morte.

Nos bichinhos, a planta pode causar problemas intestinais, irritação da mucosa bucal e da faringe, língua inchada e convulsões.

2. Antúrio

Sabemos que o Antúrio é lindo, mas cuidado ao usá-lo em seu paisagismo ou vasos dentro de casa. Isso porque ele possui oxalato de cálcio, o princípio ativo que oferece riscos à saúde dos animais.

Os principais sintomas são vômitos, diarréia, salivação e, dependendo da quantidade ingerida, inchaço na boca e asfixia.

3. Copo-De-Leite

Copo-De-Leite é uma flor bastante comum em locais úmidos e com muita água. Originária da África do Sul, a planta é popularmente usada em decorações e pode ser facilmente encontrada em floriculturas.

Apesar de lindo, o Copo-De-Leite é bastante agressivo para a saúde dos bichinhos. Isso porque a planta tem substâncias que levam a irritação, asfixia, cólica abdominal e disfagia (dificuldade para engolir).

4. Azálea

Provavelmente você passa por uma Azálea todos os dias. Símbolo do Estado de São Paulo, a planta é fácil de ser encontrada, pois seu cultivo é fácil e rápido.

Apesar de ter todos os atributos necessários para uma bela obra de decoração ou paisagismo, a Azalea é bastante venenosa para os bichos. Isso porque ela possui andromedotoxina em seu néctar – substância causadora de distúrbios digestivos e alterações cardíacas.

5. Lírio

Entre as plantas venenosas, o Lírio é a que mais chama a atenção por sua beleza única. A flor, originária do hemisfério norte, têm variações incríveis de cores e tamanhos, podendo chegar até aos dois metros de altura. Imagina essa deusa na sua sala de estar?

Que o Lírio é lindo todo mundo sabe. O que muitos não imaginam são as toxinas presentes em todas (isso mesmo, todas) as partes da planta. Ao tocar ou ingerir o Lírio, o pet pode sofrer com problemas respiratórios, coceira na pele e irritação no olho.

6. Coroa de Cristo

Famosa no paisagismo, a Coroa de Cristo é popularmente utilizada para demarcar jardins e deixar o ambiente externo mais bonito. Apesar de demorar um pouquinho mais para crescer, a planta é ótima para cercas vivas ou para impedir o acesso à uma janela, por exemplo.

O problema da Coroa de Cristo é que ela é extremamente venenosa, tanto por suas substâncias quanto por sua estrutura. Além dos espinhos que podem espetar o seu pet, a planta possui uma seiva leitosa que causa queimaduras e irritação na pele.

7. Dama-Da-Noite

Também conhecida como Jasmin, a Dama-Da-Noite é uma planta arbusto invasora – ou seja, ela vai dominar a paisagem e roubar completamente o espaço das plantas nativas. A flor também chama a atenção por seu aroma, capaz de atrair abelhas, borboletas e beija-flores.

As principais toxinas da Dama-Da-Noite são seus frutos imaturos e suas folhagens. Se o seu cãozinho ou gato ingerir alguma parte, pode sofrer com náuseas, vômitos e agitação psicomotora.

8. Hera

Muito popular em cercas vivas, a Hera é uma planta de folhas miúdas que podem ser tóxicas para animais. Uma das substâncias mais agressivas dessa espécie é o oxalato de cálcio, capaz de irritar o estômago seu bichinho e causar convulsões.

Para evitar a ingestão dessa planta, é recomendado usar a Hera apenas em ambientes externos, como jardins e varandas.

9. Bico-De-Papagaio

O Bico-De-Papagaio é a planta certa uma decoração de arrasar. Isso porque a espécie tem folhagens avermelhadas e verdes, um contraste muito bonito visualmente.

Apesar de linda, a planta produz um látex leitoso que causa irritações, lacrimejamento e inchaços nos olhos de animais e humanos. Em casos mais graves de contato com a planta, o animal pode vir a ter náuseas e inflamação no estômago.

10. Espada-De-São-Jorge

Além de seu uso ornamental, a Espada-De-São-Jorge é popular por sua proteção contra o mau olhado.

Entretanto, a planta venenosa tem substâncias como glicosídeos e saponinas tóxicas que levam a dificuldades de movimentação e respiração. Um dos primeiros sinais que o pet pode apresentar é a salivação intensa.

plantas venenosas

Evitar vasos de plantas venenosas pode livrar o seu amigo de uma intoxicação ou até de um problema mais sério, como uma convulsão. Se ver o pet comendo algumas dessas espécies ou notar algum dos sintomas citados acima, corra imediatamente ao veterinário!

Se você é loucx por plantas, não deixe de conferir o Editorial Fevereiro de 2020. Lá, você vai encontrar várias inspirações para usar plantas na decoração e deixar a casa ainda mais autêntica. Corre lá!

    Comente

    instagram @moblybr

    Instagram

    Instagram has returned invalid data.

    Follow Me!

    Copyright © 2017 Mobly.com.br. Todos os direitos reservados.