Lar Style

Dicas

4 práticas sustentáveis para a casa

Pequenas mudanças podem ser responsáveis por grandes impactos na prática de uma vida mais sustentável

Nunca o tema sustentabilidade teve tanta presença no nosso dia-a-dia – desde as manchetes dos principais jornais do mundo até as mais triviais conversas de bar. No nosso blog não seria diferente! Práticas sustentáveis dentro de casa são maneiras simples (muitas vezes) de criar um espaço mais amigável ao meio-ambiente – seja na maneira como nos livramos do nosso lixo ou na quantidade de energia que consumimos e economizamos.

Mesmo que você não possa integrar as seguintes e outras ações sustentáveis à sua rotina imediatamente, o mais importante é que você possa refletir sobre antigos valores e atitudes para, quem sabe, sair da zona de conforto em que a gente se colocou em relação ao planeta.

Veja essas dicas e aproveite para namorar alguns do itens das nossas produções. ; )

#1 Plantas para o pulmão e o estômago

Práticas sustentáveis - Plantas para o pulmão e o estômago

Plantas são uma delícia de se ter em casa! Elas, no processo de fotossíntese, absorvem o gás carbônico do ar e liberam oxigênio – uma pequena ajuda que, se amplamente reproduzida, poderia contribuir para um ambiente menos poluído em longo prazo. Plantas como samambaias, begônias e espadas-de-são-jorge são ótimas para ambientes fechados.

Outra opção interessante é criar uma pequena horta. Com pouco investimento e reutilizando embalagens de plástico, como de margarina e sorvete, é possível cultivar temperos e alguns alimentos dentro de casa ou apartamento, como brotos de feijão, alfafa e girassol. Basta procurar aquele cantinho com luz do sol ideal. Quem tem mais espaço disponível pode até mesmo criar sua própria estufa.  Mais ar limpo nos seus pulmões e menos agrotóxicos na sua barriguinha!

#2 Luz solar de dia, LED de noite

Práticas sustentáveis - Luz solar de dia, LED de noite

Outra mudança que pode causar um impacto muito positivo é diminuir o nosso consumo de energia elétrica. É claro que não estamos sugerindo que você viva no escuro, mas sim que você aproveite melhor a luz solar durante o dia. Abra as cortinas! Além de econômica, a luz solar é saudável – uma excelente ferramenta na luta contra a depressão e outras doenças.

E o que fazer quando anoitecer? Aí, você pode acender a luz, claro! Mas troque as lâmpadas comuns por aquelas de LED. Assim, menos energia é produzida a partir de usinas hidrelétricas – que, na sua construção, causam impactos negativos ao ambiente. Sem contar que lâmpadas incandescentes possuem mercúrio na composição, que também é prejudicial à natureza.

Ah, e me fala como veio sua conta de luz depois da mudança. As lâmpadas de LED consomem cerca de 7W de potencia contra 60W das incandescentes e 15W da florescentes. Elas custam mais, é verdade! Mas trazem mais economia em longo prazo – até porque possuem vida útil até 40 vezes maior que as incandescentes.

#3 Lixo no lixo (reciclável)

Atualmente, uma das maneiras mais eficazes de contribuir com o meio ambiente é não piorar. E um jeito simples de fazer isso é a reciclagem – uma prática que já é uma obrigação moral em diversos países do mundo. Nada mais é que transformar um objeto usado em outro novo e pronto para o consumo.

Separe plástico, vidro e papel, se informe se há um serviço de coleta que atende o bairro onde você mora e dê um destino correto ao seu lixo. Aliás, outra grande vantagem proporcionada pela reciclagem é a quantidade de empregos que a prática gera. Cooperativas de catadores dão oportunidades para que muitas pessoas possam trazer renda para suas famílias a partir de uma ação positiva para o ambiente.

Você pode se empolgar na prática e fazer ainda melhor! Opte por produtos com menos embalagens e inicie sua conscientização ambiental já na hora do consumo.

#4 Recicle até os nutrientes

Práticas sustentáveis - Recicle até os nutrientes

Ok, mas e o lixo orgânico, vai para os aterros? Não necessariamente, os nutrientes também são recicláveis. Isso é possível através da prática de compostagem. Lembra daquela hortinha que a gente falou na dica #1? A compostagem é a transformação do lixo orgânico em adubo para sua horta, jardim e outras plantas da casa.

Borra de café, cascas de frutas e saquinhos de chá podem ser reaproveitados como alimento para novas plantas e ajudar na redução das sobras de alimento no lixo.

E aí? Curtiu essas dicas? Escreva no comentário que outras práticas vocês usam para uma vida mais sustentável.

 

 

 

 

    Comente

    instagram @moblybr

    Instagram

    Follow Me!

    Copyright © 2017 Mobly.com.br. Todos os direitos reservados.