Lar Style

Cozinha Dicas

Ervas, temperos e chás: as melhores plantas para a cozinha

Para melhorar a qualidade de vida e deixar a comida mais saborosa, aposte nessas plantas para a cozinha

Atividade relaxante que ajuda a deixar a rotina no cômodo gourmet muito mais prática, cuidar do próprio cantinho verde pode fazer bem para a saúde e também para o bolso. Isso porque, escolhendo as espécies certas, você garante temperos fresquinhos, ingredientes para chás ou cosméticos naturais e também uma decoração linda.

Mas a dúvida é: quais plantas escolher? 

No post de hoje, indicamos algumas opções que são simples de cuidar, mas que rendem ótimos frutos e vão ser um sucesso aí no seu espaço.

Leia também: 5 dicas para a saúde das plantas da sua casa

O melhor sabor é o que vem de casa

plantas-para-a-cozinha-sala-de-jantar

Além de serem mais saudáveis, temperos cultivados em casa também trazem todo um frescor para os alimentos. Por isso, quando se trata de plantas para a cozinha, o pontapé inicial perfeito é criar a própria horta.

Escolher variações mais simples de cultivar vai ajudar até você pegar o jeito para os tipos mais avançados, ou até você estabelecer um cantinho especial só para elas. 

Essas são as espécies que indicamos para quem está começando:

Pimenta

Características: Vendida tanto em mudas quanto em sementes secas para cultivar do zero, essa planta produz frutos com sabor intenso. Mas não é só para agradar aos amantes de uma picância extra que ela existe, viu? A pimenta é também antioxidante e ajuda a liberar hormônios que estimulam uma sensação de bem-estar. Dizem por aí que ela também é uma ótima barreira contra energias negativas! Quem nunca ouviu que o pé de pimenta secou porque absorveu algum mau-olhado?

Como cuidar: Ela gosta de sol, por isso é recomendado que seja cultivada nas épocas mais quentes do ano e em cozinhas que tenham uma janela para facilitar a iluminação ideal. 

Alecrim

Características: Essa erva aromática é apreciada desde os primórdios da civilização, graças às propriedades químicas que trazem benefícios para o corpo. Ele faz bem para o cérebro, estimula a circulação sanguínea, é antioxidante e ótimo antisséptico! 

Tanto as flores quanto os ramos deixam o ambiente perfumado e convidativo, além de darem um up na decoração. 

Como cuidar: Para que o alecrim tenha uma aparência saudável, é preciso deixá-lo em um lugar bem iluminado. Também não exagere na rega, já que ele se dá melhor em ambiente mais secos e quentes. Para isso, coloque-o em um vaso com furos no fundo para que o líquido excessivo escorra e não apodreça as raízes.

plantas-para-a-cozinha-mesa-de-temperos plantas-para-a-cozinha-pimentas

Manjericão    

Características: Ingrediente que não pode faltar na casa das mamas italianas, esse tempero saboroso é famoso em massas e no famoso molho pesto. Mas o manjericão também é uma das melhores plantas para a cozinha porque é perfumado e relativamente simples de cultivar. Quando se trata da nossa saúde, ele também oferece benefícios: ótimo reforço para a saúde dos rins, ele ainda dá um up no sistema imunológico.

Como cuidar: Na hora de colher as folhas, nunca puxe uma por uma diretamente do caule. Isso causa um grande dano ao vegetal e, se feito com frequência, vai causar a morte dela. Capriche na exposição solar e regue com frequência, pois essa é uma das espécies que mais pedem água. Para checar se está na hora de repor o líquido, afunde o dedo na terra e veja se ela ainda está úmida. Essa dica vale para qualquer um dos seus vasinhos, tá?

Cebolinha

Características: Simples de cultivar, a cebolinha é daquelas espécies que se dão bem em qualquer recipiente – aproveite essa vantagem para ser criativo na hora de escolher o vaso! 

Versátil na hora do plantio, você pode reaproveitar um maço comprado na feira. Basta, depois de usar as folhas normalmente, pegar o que sobrou e enterrar em um vaso, deixando as raízes em contato com a terra. Novas folhas vão começar a crescer em pouco tempo e você terá um tempero mais saudável e caseiro. Rica em vitamina A e C, esse vegetal traz frescor para os pratos enquanto cuida do seu sistema imunológico. Legal, né?

Como cuidar: Para que as folhas fiquem bem verdinhas, elas precisam de bastante luz direta e água na medida certa. Sempre cheque a drenagem do vaso e invista em adubos orgânicos para ajudar a deixar o solo bem rico.

 

9 entre 10 vovós recomendam essas plantas para a cozinha

Um chá quentinho e reconfortante ou um hidratante poderoso para o cabelo… Alguns tipos de plantas marcam presença nos jardins das mães e avós raiz, rendendo receitinhas caseiras que passam de geração para geração. 

Se você tem vontade de cultivar alguns desses vegetais aí no seu próprio lar, mas não sabe qual deles escolher, a gente dá as dicas.

plantas-para-a-cozinha-prateleira-de-temperos      

Boldo

Características: Vamos combinar que todo mundo já torceu o nariz para um chá de boldo pelo menos uma vez na vida. Com sabor amargo, essa planta marca presença nos jardins mais tradicionais por conta dos benefícios que traz para o nosso corpo. Além de auxiliar na digestão e aliviar os sintomas daquelas ressacas pesadas, ele também faz superbem para o fígado e estômago. Isso porque as substâncias ativas nele ajudam a quebrar partículas que podem ser prejudiciais aos órgãos do sistema digestivo. Amplamente consumido em forma de chá, basta adicionar as folhas em água fervente e deixar a mistura descansar até a hora de beber. Ah, é recomendado ingerir antes das refeições, não depois que o estrago está feito, tá?

Como cuidar: Assim como as outras espécies que mostramos até agora, o boldo gosta de bastante luz. Regas constantes e um espaço que comporte o tamanho das raízes também são recomendados.

Erva Cidreira

Características: Vegetal tipo perene – aqueles que duram indeterminadamente se forem cuidados da maneira correta -, essa erva também é conhecida como Melissa. Com folhas grandes e aromáticas, ela produz um chá relaxante perfeito para dores de cabeça e períodos de cólicas menstruais. Diferente do amargor do boldo, ela tem sabor suave e aroma agradável que invade o ambiente e ajuda a relaxar. 

Como cuidar: Com bastante água! Essa planta gosta de solo úmido, por isso é necessário regas constantes. Só preste atenção na drenagem do vaso e tome cuidado com a formação de poças na superfície, combinado? Ah, essa daqui é mais fã de luz moderada, sem exposição direta, então cuidado para não queimar as folhas com muito sol.

Babosa

Características: Amplamente conhecida pelas propriedades hidratantes e muito usada como produto de beleza caseiro, a Babosa tem folhas rígidas e altas. Dentro delas, encontra-se a famosa “baba” que é cheia de nutrientes para os cabelos e pele, além de ser ótima para cuidar daquelas queimaduras de exposição solar. Mas você sabia que também dá para ingeri-la? Com características antioxidantes, ela também fortalece o sistema imunológico e ajuda na má digestão.

Como cuidar: Sensível à água em excesso, as raízes dessa planta apodrecem facilmente se você não mantiver o solo bem drenado, por isso faça o teste de afundar o dedo na terra e regule a hidratação. Dê preferência para cultivá-la em locais ensolarados, assim ela estará sempre verdinha.

 

 

Decoração para o cômodo gourmet

plantas-para-a-cozinha-estante-com-vasos plantas-para-a-cozinha-prateleira-com-vasinhos

Perfeitas para quem quer incrementar o visual da cozinha, plantas tipo suculenta são uma ótima pedida, pois trazem um toque verde e oferecem manutenção prática.

Graças às folhas que retêm uma boa quantidade de líquidos, essas espécies se adaptam muito bem em ambientes mais quentes e ensolarados. Elas também não precisam ser regadas com frequência – daí a preferência desse tipo de vegetal para quem está começando ou não tem tempo de ficar cuidando diariamente.

Apesar de serem simples de manter, elas trazem muitas das vantagens que uma planta de cultivo comum pode oferecer, como uma casa com ar mais puro e melhor oxigenada, umidade ideal e, é claro, cores na primavera.

Mas, para isso, você precisa cuidar direitinho delas: a água em pouca quantidade deve ser compensada por um solo rico e bem adubado. Já a luz natural deve ser abundante e o vaso tem que ter o tamanho certo. 

É claro que você não precisa se prender a apenas uma dessas sugestões de plantas para a cozinha! Aposte nos temperos, nas ervas para chá e nas opções ornamentais, assim você garante um cômodo completo e bem decorado.

Ah, depois que tal compartilhar as fotos da sua hortinha no insta da Mobly?

 

    Comente

    instagram @moblybr

    Instagram

    Instagram did not return a 200.

    Follow Me!

    Copyright © 2017 Mobly.com.br. Todos os direitos reservados.